Domingo, 19 de Novembro de 2017

Ação anticheias “invade” área do shopping

24 AGO 2010Por 09h:29
Silvia Tada

As obras de contenção de enchentes do Córrego Prosa avançam e chegam ao Shopping Campo Grande. Na Rua Paulo Coelho Machado, esquina com a Avenida Afonso Pena, máquinas trabalham na remoção de terra para construção de galeria de concreto, por baixo do estacionamento do estabelecimento. A previsão é de que as intervenções durem até novembro, informou o secretário municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação, João Antônio De Marco.
A galeria de concreto terá 7 metros por 3,5 metros, nos mesmos moldes daquela feita na Avenida Ricardo Brandão com a Rua Ceará. A estrutura permitirá passagem de volume maior de água, que seguirá da região do Córrego Sóter e do Parque das Nações Indígenas para o Prosa, passando pela Avenida Afonso Pena em direção à Avenida Ricardo Brandão. “Depois que fizermos a galeria, vamos recompor o aterro e tudo volta a ficar do jeito que estava”, disse o secretário.
A região do Shopping Campo Grande sempre apresentou problemas de alagamento, causando transtornos para motoristas. Com as obras de barragens no Córrego Sóter e o “piscinão” para contenção de água vinda da região do Bairro Santa Fé, em 2006, o problema foi minimizado. Porém, com a chuva do fim de dezembro do ano passado, porém, o local voltou a ficar inundado e a Prefeitura de Campo Grande decidiu investir novamente em intervenções em toda região.
As obras no Sóter começaram em julho e, no dia 9 de agosto, uma das pistas da Avenida Mato Grosso com a Via Parque foi interditada, provocando mudanças no trânsito da região. Os trabalhos custarão cerca de R$ 22 milhões.
No lançamento da obra, em maio deste ano, o secretário João Antônio De Marco havia explicado que para evitar a sobrecarga no trecho que passará por baixo do shopping será usado o terreno localizado entre a Via Parque a Rua Paulo Coelho Machado, que já foi desapropriado, para construção de uma bacia de detenção (uma espécie de represa), que segurará a água, sem deixar que transborde.

Leia Também