Veja alimentos que ajudam a combater as inflamações

IG24 de Maro de 2012 | 00h00

Qualquer lesão na pele, mesmo que superficial, gera uma resposta imediata do corpo e é encarada pelo organismo como uma agressão cuja resposta imediata é a inflamação.

Além dos medicamentos normalmente usados para estimular a cicatrização adequada, alguns alimentos podem dar uma ajudinha extra nesse processo.

Com larga experiência no atendimento de pacientes de cirurgia plástica, a nutricionista funcional Luciana Harfenist dá a receita para melhorar a cicatrização: apostar nas propriedades funcionais dos alimentos , ou seja, optar pelos que são mais ricos em nutrientes e reduzir ao máximo os industrializados.

“Somos feitos de nutrientes. O sangue, por exemplo, é uma proteína. Se não damos nutrientes para o corpo, como ele vai funcionar adequadamente?” questiona ela.

Veja a seguir alguns alimentos sugeridos por Luciana para favorecer o processo de cicatrização do corpo.

Frutas cítricas
São ricas em betacaroteno (antioxidante) e vitamina C, que participa da síntese de colágeno da pele e melhora a resistência dos vasos sanguíneos. 

Frutas vermelhas
Contêm flavonoides, que protegem as paredes dos vasos sanguíneos e combatem o processo inflamatório. 

Brócolis, repolho e couve
Além de ricas em antioxidantes, contêm compostos enxofrados bioativos, que auxiliam na desintoxicação do fígado – isso é bom para quem recebeu anestesia ou está tomando remédios contra inflamações e infecções. 

Farinha de linhaça e semente de chia
São ricos em ômega 3, um tipo de ácido graxo (gordura) que estimula a resposta imunológica do corpo e ajuda a modular a inflamação. 

Comentários
Mais de Ciência e SaúdeMutirão da Catarata inicia triagem e fará 160 cirurgiassaúdeMutirão da Catarata inicia triagem e fará 160 cirurgiasMeta é imunizar 19.625 meninas contra o HPV em Campo GrandeCONTRA HPVMeta é imunizar 19.625 meninas contra o HPV em Campo GrandeLançada licitação para construção de hospitalTRÊS LAGOASLançada licitação para construção de hospitalSAÚDEHPV: meninas de 11 a 13 anos devem receber segunda doseMeninas que ainda não tomaram a primeira dose também podem procurar os postos
 Últimas Notícias  


  • Assinaturas:
    • (67) 3323-6100
  • Publicidade:
    • (67) 3320-0023
    • (67) 3323-6090
  • Empresa:
    • (67) 3323-6090
    • (67) 3323-6059
 Plataforma Desenvolvimento© Correio do Estado S/A. Todos os Direitos Reservados.