São Paulo e Ponte Preta em 'jogo chave' hoje

TERRA18 de Agosto de 2012 | 11h17

O São Paulo tem uma série complicada pela frente, a começar às 21h (de Brasília) deste sábado, no Morumbi, quando encara a Ponte Preta. Uma nova derrota, que seria a quarta seguida, pode afastar de vez a equipe da briga pelo G-4 do Campeonato Brasileiro. Depois disso, ela decide a classificação para a próxima fase da Copa Sul-Americana contra o Bahia e faz clássico com o Corinthians.

"É um jogo chave. Esperamos entrar novamente no caminho das vitórias para continuar focados dentro do campeonato. Estamos a seis pontos do quarto colocado e, pelo número de jogos que ainda resta, a gente pode, no mínimo, lutar pela classificação para a Copa Libertadores", diz o técnico Ney Franco.

O revés para o Náutico no meio de semana tirou qualquer chance matemática de o São Paulo, a duas rodadas para o fim da primeira metade da competição, voltar ao grupo de classificação para o principal torneio continental antes do segundo turno do Brasileiro.

A conta é simples: Grêmio (31 pontos) e Internacional (30 pontos) são respectivamente quarto e quinto colocados e se enfrentam na última rodada do turno, o que significa que o São Paulo, no momento com 25 pontos, poderá superar somente um deles, ficando, no máximo, na quinta posição.

Apesar do retorno comemorado do meia-atacante Lucas da Seleção Brasileira após ser baixa em dez partidas, o São Paulo tem mais dois desfalques em relação à equipe derrotada pelo Náutico: o lateral direito Douglas e o zagueiro Rhodolfo não jogam por conta de contratura na coxa esquerda e suspensão pelo terceiro cartão amarelo, respectivamente. Os substitutos, segundo o treinador são-paulino, só serão desvendados minutos antes de a bola rolar.

Na lateral, a opção imediata seria Lucas Farias, mas ele é considerado jovem demais pela comissão técnica - completa 18 anos justamente neste sábado ¿ para ser lançado entre os titulares em meio à má fase atual. Por isso, alguém deverá ser improvisado na função, possivelmente o volante Rodrigo Caio. Já na zaga, o mais cotado para preencher a vaga de Rhodolfo é Edson Silva, que também atua pela faixa esquerda do campo.

Por ora mais preocupada em se afastar da zona de rebaixamento, da qual dista cinco pontos, a Ponte também não foi bem nas três rodadas anteriores, tendo somado um só ponto em nove disputados. Vindo de duas derrotas, o time de Campinas não conta mais com o meia-atacante Caio, que já estaria suspenso e se desligou do clube.

Comentários
Mais de Esportes2015Corinthians lança cemitério maior que o Itaquerão Os torcedores do Corinthians poderão mostrar seu amor pelo time até mesmo após sua morte. O clube, um dos...Adriano dá pontapé inicial em vitória do Le HavreFrançaAdriano dá pontapé inicial em vitória do Le HavreJúnior detona confederação de beach soccer e empresaseventosJúnior detona confederação de beach soccer e empresasCom ingresso mais caro, Corinthians lidera rendafutebolCom ingresso mais caro, Corinthians lidera renda
 Últimas Notícias  


  • Assinaturas:
    • (67) 3323-6100
  • Publicidade:
    • (67) 3320-0023
    • (67) 3323-6090
  • Empresa:
    • (67) 3323-6090
    • (67) 3323-6059
 Plataforma Desenvolvimento© Correio do Estado S/A. Todos os Direitos Reservados.