Policial é executado com tiro de 12 na cabeça na fronteira

DA REDAçãO12 de Fevereiro de 2014 | 17h55

O policial civil Marcílio de Souza foi executado com um tiro de escopeta calibre 12 na cabeça, no final da tarde desta quarta-feira (12), na região de Paranhos, fronteira com o Paraguai.

Segundo informações do Gazeta News, Marcílio estava próximo a linha internacional que separa Paranhos no Brasil da cidade de Ypêjhú no Paraguai, do lado paraguaio da fronteira, quando teria sido assassinado à “queima-roupa” por um individuo, até o momento não identificado.

Considerado policial exemplar, atuando a cerca de dez anos na Delegacia de Paranhos, Marcílio ajudou a desvendar vários crimes e colocar na cadeia diversos criminosos, alguns deles considerados de alta periculosidade, que atuavam e ainda atuam naquela região de fronteira seca.

Uma grande movimentação policial está sendo realizada neste momento no sentido de desvendar o crime e prender o executor.

A assessoria da Polícia Civil informou que ainda não tem mais informações sobre o ocorrido.

Comentários
Mais de projetos sociaisPetrobras apresenta programas desenvolvidos em Três LagoasLíderes comunitários de sete bairros conheceram projetos sociais e ambientais da Petrobras no municípiosistema carcerário em criseCom um agente para cuidade de 278 internos, detento aproveita e foge de presídioPreso foi recapturado em seguida, mas sindicato cobra contratação de pelo menos 1.500 agentesCleo Pires contracenará <br>com namorado, Rômulo NetoCINEMACleo Pires contracenará
com namorado, Rômulo Neto
Homem é preso ao ser flagrado de cueca com criançaacusado de abusoHomem é preso ao ser flagrado de cueca com criança
 Últimas Notícias  


  • Assinaturas:
    • (67) 3323-6100
  • Publicidade:
    • (67) 3320-0023
    • (67) 3323-6090
  • Empresa:
    • (67) 3323-6090
    • (67) 3323-6059
 Plataforma Desenvolvimento© Correio do Estado S/A. Todos os Direitos Reservados.