Policial é executado com tiro de 12 na cabeça na fronteira

DA REDAçãO12 de Fevereiro de 2014 | 17h55

O policial civil Marcílio de Souza foi executado com um tiro de escopeta calibre 12 na cabeça, no final da tarde desta quarta-feira (12), na região de Paranhos, fronteira com o Paraguai.

Segundo informações do Gazeta News, Marcílio estava próximo a linha internacional que separa Paranhos no Brasil da cidade de Ypêjhú no Paraguai, do lado paraguaio da fronteira, quando teria sido assassinado à “queima-roupa” por um individuo, até o momento não identificado.

Considerado policial exemplar, atuando a cerca de dez anos na Delegacia de Paranhos, Marcílio ajudou a desvendar vários crimes e colocar na cadeia diversos criminosos, alguns deles considerados de alta periculosidade, que atuavam e ainda atuam naquela região de fronteira seca.

Uma grande movimentação policial está sendo realizada neste momento no sentido de desvendar o crime e prender o executor.

A assessoria da Polícia Civil informou que ainda não tem mais informações sobre o ocorrido.

Comentários
Mais de Cerca de 500 médicos se reúnem em assembleiaCAMPO GRANDECerca de 500 médicos se reúnem em assembleiaCaminhada Ecológica acontece neste domingo na CapitalRegião Santa MariaCaminhada Ecológica acontece neste domingo na CapitalApós sucesso em novela, Gabriel Sater vive momento <br>de total dedicação à músicaARTISTAApós sucesso em novela, Gabriel Sater vive momento
de total dedicação à música
Acusado de matar enteada diz que agrediu a menina <br>porque ela o desobedeceuCampo GrandeAcusado de matar enteada diz que agrediu a menina
porque ela o desobedeceu
 Últimas Notícias  


  • Assinaturas:
    • (67) 3323-6100
  • Publicidade:
    • (67) 3320-0023
    • (67) 3323-6090
  • Empresa:
    • (67) 3323-6090
    • (67) 3323-6059
 Plataforma Desenvolvimento© Correio do Estado S/A. Todos os Direitos Reservados.