Marfrig dá férias coletivas e suspende abates em Murtinho

20 de Outubro de 2010 | 03h50

A unidade do Frigorífico Marfrig, de Porto Murtinho, concedeu férias coletivas a cerca de 200 trabalhadores e deixará de abater 9,6 mil animais até 16 de novembro, data marcada para a volta ao trabalho. Por semana, a empresa abate 2,4 mil bovinos. A paralisação é anual, mas normalmente ocorre em dezembro. Ela é necessária para manutenção de máquinas e equipamentos, segundo explicação da empresa à secretária municipal de Turismo, Indústria e Comércio, Vivian Barbosa da Cruz.
Ela garante que a medida estava nos planos da companhia e nada tem a ver com a escassez de animais no mercado. “Eles estão abatendo bem, é nossa principal indústria, por isso acompanhamos de perto”, argumenta a secretária.
O Marfrig emprega 300 pessoas na cidade de 15 mil habitantes e é o maior empregador depois do turismo.  Além da geração de empregos, o frigorífico garante os negócios de pecuaristas da região, distante dos grandes centros compradores, como Campo Grande.

Greve e demissões
Trabalhadores do JBS de Naviraí anunciaram greve a partir de amanhã. Cerca de 1,5 mil podem aderir ao movimento, segundo levantamento da Associação de Matadouros, Frigoríficos e Distribuidores de Carne do Estado de MS (Assocarnes), a partir de informações do sindicato que representa a categoria em 31 cidades do Estado, o Sindmassa.
A paralisação da unidade JBS-Bertin, em Campo Grande, completa 16 dias hoje e já reduziu abates de 2 mil para 1,1 mil (-45%), segundo a Superintendência Federal de Agricultura (SFA). Antes da greve, a empresa havia demitido 160 profissionais.
Na última quinta-feira, o Independência fechou a planta de Nova Andradina e demitiu 800. Mais 700 perderam o emprego com o fechamento do Vale Grande, em Iguatemi, no início deste ano. Desde 2008, a crise no setor mandou 5,3 mil pessoas para a rua em MS. (CHB)

Comentários
Mais de Economia''Eike só tem dinheiro para despesas comuns'', diz advogado do empresáriobloqueio de bens''Eike só tem dinheiro para despesas comuns'', diz advogado do empresárioPrefeitura espera atingir arrecadação de R$ 15 milhões até o fim de setembroPPI DO IPTUPrefeitura espera atingir arrecadação de R$ 15 milhões até o fim de setembroTAM é condenada em R$ 45,8 mil por perder bagagem de vinhos de passageiroindenizaçãoTAM é condenada em R$ 45,8 mil por perder bagagem de vinhos de passageirosafrinhaSaca do milho tem queda de 3,08% em MS no início do mês de setembro A saca de 60 quilos de milho acumulou uma retração média de preços de 3,08% em Mato Grosso do...
 Últimas Notícias  


  • Assinaturas:
    • (67) 3323-6100
  • Publicidade:
    • (67) 3320-0023
    • (67) 3323-6090
  • Empresa:
    • (67) 3323-6090
    • (67) 3323-6059
 Plataforma Desenvolvimento© Correio do Estado S/A. Todos os Direitos Reservados.