Segunda, 21 de Agosto de 2017

Tecnologia

Honda desenvolve sistema que evita congestionamentos sem causa aparente

30 ABR 2012Por autoestrada13h:30

A fabricante japonesa está trabalhando num sistema que detecta se a maneira de dirigir do motorista pode criar engarrafamentos e o orienta a guiar de forma a manter o fluxo constante.

Efeito sanfona - Já faz algum tempo que os especialistas em trânsito descobriram que os congestionamentos não são causados apenas pelo grande número de carros nas vias, mas pelo que chamam de “onda reversa”, causada sempre que um carro começa a andar mais devagar que o fluxo de tráfego.

Quando isso ocorre, os motoristas que vêm atrás também começam a frear e a reduzir cada vez mais a velocidade, até que alguns são forçados a parar, criando congestionamentos sem nenhuma causa concreta, como acidentes ou obstáculos na pista.

O sistema da Honda detecta a desaceleração do carro e alerta o motorista por um sistema de luzes coloridas no painel. Assim, se não houver nenhuma motivação real para diminuir a velocidade do carro, ele pode voltar a andar à velocidade do fluxo, deixando de provocar a desaceleração de quem vem atrás.

Já em teste - A Honda está testando o sistema juntamente com o Centro de Pesquisa de Ciência Avançada e tecnologia da Universidade de Tóquio. Os testes nas ruas e estradas indicaram que os carros equipados com o sistema podem melhorar a velocidade média do trânsito em cerca de sete por cento. Um efeito benéfico adicional é que o consumo também melhora: o gasto de gasolina cai em torno de três por cento.

Quando o sistema integra também o controlador automático de velocidade (piloto automático) e conexão entre os carros via nuvem, a melhoria no fluxo é de 23 por cento e a redução de consumo chega a oito por cento.

O próximo passo da Honda será a realização de mais testes práticos, iniciando na Itália, em maio, e na Indonésia, em julho.

Leia Também