Estacionar em vagas de idosos pode virar infração gravíssima

INFOMONEY 4 de Janeiro de 2011 | 00h02
Reprodução Reprodução

A infração para quem estacionar ilegalmente nas vagas reservadas para maiores de 60 anos ou pessoas com deficiência pode passar de leve para gravíssima, conforme o Projeto de Lei 7864/10. Dessa forma, aumentam também o valor da multa e o número de pontos na carteira de habilitação.

"Cadeirantes e idosos já perderam a conta de quantas vezes foram obrigados a comprar 'briga' para ver o seu direito assegurado", afirmou o autor da proposta, deputado Vital do Rêgo Filho (PMDB-PB), segundo a Agência Câmara.

Quem estacionar nas vagas de idosos indevidamente poderá levar sete pontos na carteira, pagar multa e ter o veículo removido. De acordo com o deputado, o objetivo da proposta é dar mais garantia de que o direito dos idosos e deficientes seja respeitado.

Atualmente, quem estaciona ilegalmente em vagas destinadas a idosos ou a pessoas com deficiência comete infração leve e está sujeito à multa e remoção do veículo, além de levar três pontos na carteira.

Tramitação
O projeto de lei ainda será analisado pelas comissões de Viação e Transportes e Constituição e Justiça e de Cidadania, sem precisar pelo Plenário.
 

Comentários
Mais de CidadesPressão de médicos levou <br> Santa Casa  a fechar oncologiasanta casaPressão de médicos levou
Santa Casa a fechar oncologia
Dinheiro destinado <br> a Mato Grosso do Sul ‘voa’ misteriosamente para AlagoasMISTÉRIODinheiro destinado
a Mato Grosso do Sul ‘voa’ misteriosamente para Alagoas
Mães voltam a fazer alerta <br> sobre quadro de insegurançaFRONTEIRAMães voltam a fazer alerta
sobre quadro de insegurança
Ponta Porã desenvolve projeto para tentar erradicar <br> o analfabetismoEDUCAÇÃOPonta Porã desenvolve projeto para tentar erradicar
o analfabetismo
 Últimas Notícias  


  • Assinaturas:
    • (67) 3323-6100
  • Publicidade:
    • (67) 3320-0023
    • (67) 3323-6090
  • Empresa:
    • (67) 3323-6090
    • (67) 3323-6059
 Plataforma Desenvolvimento© Correio do Estado S/A. Todos os Direitos Reservados.