Corpos de irmãs mortas em Cunha serão enterrados hoje

FOLHA ONLINE30 de Maro de 2011 | 14h31

A Polícia Civil divulgou a foto do suspeito de matar as duas irmãs adolescentes na zona rural de Cunha (231 km de São Paulo). Ananias dos Santos, 26, teve a prisão decretada pela Justiça ontem (29). Entretanto, ele já era considerado foragido por roubo.

Segundo informações da SSP (Secretaria de Segurança Pública), as investigações apontam que o suspeito tinha interesse em Juliana Vânia de Oliveira, 15, mas não era correspondido. Os corpos dela e da irmã, Josely Laurentina, 16, foram encontrados na segunda-feira (28).

A secretaria informou ainda que familiares de Santos contaram à polícia que ele fugiu ao saber da investigação. Ele também contou aos parentes onde estavam os corpos.

Ele já era foragido da Justiça, acusado de um roubo cometido anteriormente.

CRIME

As jovens ficaram cinco dias desaparecidas. Foram vistas pela última vez quando retornavam da escola, no fim da tarde do dia 23. Elas chegaram a deixar a escola e seguir até a zona rural, em um ônibus, mas não foram mais vistas depois disso.

Segundo o TJ, a polícia chegou a pedir a quebra do sigilo telefônico das meninas, com o objetivo de localizá-las por meio do rastreamento de ligações feitas por seus celulares. O pedido foi autorizado, mas não ajudou.

De acordo com exames realizados pelo IML de Guaratinguetá (187 km de SP), o corpo de Josely tinha marcas de dois tiros (na cabeça e no peito) e o de Juliana, de quatro (três na cabeça e um no peito).

Os corpos também tinham sinais de violência, como cortes no pescoço. Amostras colhidas e encaminhadas para um laboratório apontam que não houve violência sexual contra as adolescentes.

Comentários
Mais de Brasil/MundoAvião cai em casa e mata duas pessoas em CuritibaacidenteAvião cai em casa e mata duas pessoas em CuritibaDISTRITO FEDERALTrabalhador não pode mais usar celulares em obras
da construção civil
A norma consta em um termo aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho 2014/2015 dos empregados na construção civil
JUSTIÇASTF decide questões trabalhistas apresentadas
em 1.672 processos
Os processos diziam respeito a contratações pela administração pública sem concurso, aumento de vencimentos de servidores...
ESTUPROMinistério Público apura
se policial colaborava
com Abdelmassih
Os promotores têm interceptações telefônicas que flagram Abdelmassih dizendo a um parente o apelido desse policial
 Últimas Notícias  


  • Assinaturas:
    • (67) 3323-6100
  • Publicidade:
    • (67) 3320-0023
    • (67) 3323-6090
  • Empresa:
    • (67) 3323-6090
    • (67) 3323-6059
 Plataforma Desenvolvimento© Correio do Estado S/A. Todos os Direitos Reservados.