Vila Nhanha

Grupo chega em veículo e mata jovem com 10 tiros em bairro da Capital

Polícia acredita que o crime possa ter sido motivado por acerto de contas

9 NOV 2017 • POR BRUNA AQUINO E RENAN NUCCI • 08h10
Jovem estava sentado em frente a residência onde morava quando foi executado - Valdenir Rezende/Correio do Estado

Guilherme da Silva Almeida, 20, foi executado com 10 tiros, por volta das 23h de ontem (8), em frente a residência onde morava na Vila Nhanha, em Campo Grande. Conforme testemunhas, grupo chegou em um veículo não identificado e efetuou os disparos.

Segundo delegado Hoffman D'Ávila, responsável pelo caso, a vítima estava sentada em frente a residência, mas do outro lado da rua. Os criminosos chegaram e efetuaram vários disparos, sendo que quatro deles acertaram o peito de Guilherme.

Ainda de acordo com o delegado, a suspeita é de que a vítima tenha sido executada em acerto de contas por tráfico de drogas, uma vez que já tem passagem pela prática deste crime e por receptação. 

De acordo com vizinhos de Guilherme, ele era conhecido no bairro por vender drogas e já estava sendo ameaçado.

Caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) no Bairro Piratininga onde será investigado.