Fórmula 1

Polonês Robert Kubica é favorito à vaga de Massa em 2018

6 NOV 2017 • POR FolhaPress • 08h30
Na Williams, o principal candidato no momento é Robert Kubica - Autoesport

Depois de Felipe Massa anunciar que vai deixar de vez a Fórmula 1 no final desta temporada, a briga por uma vaga na Williams ao lado de Lance Stroll continua. Sem pressa para definir seu piloto, a equipe vem sendo cortejada por praticamente todos que ainda não têm lugar para 2018, uma vez que é um dos três times ainda indefinidos.

KUBICA NA FRENTE

Na Williams, o principal candidato no momento é Robert Kubica. O polonês, que está afastado da F-1 desde 2011, quando sofreu um grave acidente de rali, gera questionamentos devido às limitações de movimentos de seu antebraço direito, mas ao mesmo tempo causou boa impressão entre os engenheiros da equipe nos testes realizados em outubro. Mesmo com um carro de 2014, algo pouco representativo em termos de tempo de volta, Kubica deu um bom retorno técnico e fez mudanças que melhoraram o equilíbrio do equipamento.

Outro ponto a favor do polonês é o fato dele contar com um patrocínio, uma vez que a Williams deve perder cerca de US$ 30 milhões em 2018 em relação a seu orçamento desta temporada. O piloto deve ser testado novamente em Abu Dhabi, na semana seguinte ao final do atual campeonato.

DI RESTA TENTA APOIO

Atual piloto reserva da Williams, e que substituiu Massa quando o brasileiro desistiu de disputar o GP da Hungria por questões físicas, Paul Di Resta vem buscando apoio especialmente com o pai de Lance Stroll e um dos financiadores da equipe. O escocês de 31 anos fez sua última temporada completa na F-1 em 2013, mas é o único dos candidatos que conhece bem a equipe.

KVYAT BUSCA NOVA CHANCE

Um nome que surgiu nas últimas semanas é o do russo Daniil Kvyat, que foi demitido da Red Bull. Ele tem a seu favor o fato de ter feito a maior parte desta temporada, pela Toro Rosso, mas também pesa contra a demissão após duas chances dentro do programa da Red Bull. Também existe a necessidade de um patrocinador devido à situação financeira da Williams.

O nome de Pascal Wehrlein chegou a ser comentado por sua ligação com a Mercedes, fornecedora de motores da Williams, mas Toto Wolff disse no GP dos Estados Unidos que "uma hora o piloto tem de aprender a andar com as próprias pernas", dando a entender que não tentaria colocar o alemão na equipe inglesa.

OUTROS COOKPITS VAGOS NA F-1

As outras equipes que ainda não divulgaram suas duplas são a Toro Rosso, que provavelmente ficará com Pierre Gasly e Brendon Hartley, e a Sauber, que pode ou dispensar os dois pilotos e contar com a dupla de jovens do programa da Ferrari, Antonio Giovinazzi e Charles Leclerc, ou manter Marcus Ericsson e promover a estreia de Leclerc.
Antes da definição, a Fórmula 1 desembarca no Brasil neste final de semana para a penúltima etapa da temporada, que já tem como campeão Lewis Hamilton.

HORÁRIOS DO GP DO BRASIL
SEXTA-FEIRA
Treino livre 1: 10h
Treino livre 2: 14h

SÁBADO
Treino livre 3: 11h
Classificação: 14h

DOMINGO
Corrida: 14h