ENTRADA FRANCA

Semana do Documentário Francês no MIS homenageia cineasta Agnês Varda

A mostra será realiza entre os dias 6 a 9 de novembro em Campo Grande

5 NOV 2017 • POR MARESSA MENDONÇA • 14h35
Agnes Varda é a homenageada na Semana do Documentário Francês - Divulgação

O Museu da Imagem e do Som (MIS) em parceria com a Aliança Francesa promove dos dias 6 a 9 de novembro, uma mostra de documentário francês. A mostra faz parte do Festival Internacional Mois  Du Doc e, neste ano, vai homenagear a cineasta belga Agnès Varda. Os filmes são legendados em português e o evento tem entrada gratuita.

No filme, “Os Catadores e eu”, a diretora Agnès Varda anda pelo interior da França, afastada das cidades que concentram a riqueza e o luxo, acompanhando pessoas que sobrevivem de restos. Ela se mistura a catadores e coletores que vão até uma feira em busca de sobras de alimentos. Ao mesmo tempo, Agnès conversa com eles, que versam sobre os mais variados assuntos, de política internacional até tragédias pessoais.

O primeiro filme “Em busca do sentido” foi exibido em setembro de 2017 com a presença da cineasta em Campo Grande. O título é muito sugestivo e narra os caminhos que o próprio Marc e o Nathanael percorreram em vários países do mundo para tentar responder a problemáticas contemporâneas do mundo capitalista.

“Queimar o Mar” narra a Primavera Árabe dentro da perspectiva da Tunísia (gatilho).

Já “Cineasta” traz a temática das mulheres como diretoras (de filmes).

A curadoria é da Aliança Francesa e conta com a ajuda do cinéfilo e cineclubista Thiago Andrade. Os temas estão presentes na agenda do mundo contemporâneo e os documentários são recentes. Pode-se  esperar uma bela fotografia, crítica social e discussões muito atuais.

As exibições começam sempre às 19h. O MIS fica na Fundação de Cultura na Av. Fernando Corrêa da Costa, 559 - Centro de Campo Grande. (Com assessoria)