Papel e Celulose

Trabalhadores votam proposta de acordo coletivo

Votação foi na entrada principal da fábrica, localizada em Três Lagoas

2 NOV 2017 • POR ALINE OLIVEIRA • 18h32
Sindicato afirma que está difícil negociar com as empresas este ano - Assessoria Sititrel

Reajuste de 3,5%, abono de R$ 1.400 reais, vale alimentação de R$ 290 reais e todas horas extras com índice de 80%. Estes foram os tópicos apresentados pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Papel e Celulose de Três Lagoas (Sititrel), no último dia 1º de novembro.

A negociação aconteceu entre os funcionários da agroindústria Fibria, acerca do acordo coletivo 2017/2018. A unidade de Três Lagoas foi inaugurada há oito anos e tem capacidade de produzir 1,3 milhão de toneladas de celulose por ano. 

De acordo com o presidente do sindicato, Almir Morgão, a  proposta apresentada pela empresa de celulose é de reajuste de 2,37%, abono salarial R$ 1.400,00 e vale alimentação de R$ 269,00. “Esse foi um ano bem complicado de negociação, as fábricas apresentaram números bem abaixo do que pedimos, a proposta já foi rejeitada pela diretoria sindical, mas eles exigiram uma assembleia com os trabalhadores”.

Morgão acrescentou que o sindicato aguardará o resultado  e apuração da votação feita pelos trabalhadores, para tentar alcançar um percentual melhor para a categoria. “Agora vamos aguardar os funcionários votarem, estamos esperando um não, para assim, voltar a negociar e buscar uma valorização para os trabalhadores”, concluiu.

NOTA

Confira na íntegra a nota emitida pela assessoria de imprensa da Fibria:

Em assembleia realizada em 6/ de novembro, na Unidade Três Lagoas (MS), o sindicato que representa os empregados da Fibria colocou em votação a proposta salarial apresentada pela companhia, que não foi aprovada pelos empregados. A empresa participa de todas as negociações sindicais e se empenha para chegar a um acordo que contemple os anseios das partes envolvidas. A proposta da Fibria garante a reposição integral da inflação e aumento real, além do pacote de remuneração total (incluindo salários, pagamento variável e outros benefícios), que é um dos maiores das empresas da região.

Matéria atualizada às 08h29 do dia 10 de novembro para acréscimo de informações.