Três Lagoas

Petrobras anuncia venda da Fábrica de Fertilizantes

Prefeito Ângelo Guerreiro e senadores Moka e Simone Tebet acompanharam reunião

30 OUT 2017 • POR ALINE OLIVEIRA • 18h40
Reunião aconteceu nesta segunda (30), na sede da Petrobras (RJ) - Ascom/Senadora Simone Tebet

Em reunião realizada nesta segunda-feira (30), na sede da Petrobras, na cidade do Rio de Janeiro (RJ) foi confirmada a venda da fábrica de fertilizantes localizada em Três Lagoas, a UFN-III. A informação foi anunciada pelo presidente da estatal, Pedro Parente, que ressaltou o interesse de seis grandes grupos internacionais pelo empreendimento.

Participaram do encontro, o prefeito Ângelo Guerreiro e os senadores, Waldemir Moka e Simone Tebet que acompanharam as explicações sobre as próximas etapas de negociação, que segundo Parente, podem se estender um pouco mais que o previsto, em função do processo licitatório.

RETROSPECTIVA

A área para construção da fábrica foi concedida durante a gestão da então prefeita, Simone Tebet, com promessa de ser concluída em 2014, mas foi interrompida em razão da crise enfrentada pela Estatal e pelo projeto não constar no plano de negócios e gestão.

A estimativa é de que a unidade de amônia tenha capacidade para produzir 2.200 toneladas/dia e a de ureia, 3.600 toneladas/dia. A planta será capaz de produzir ainda 290 toneladas/dia de CO2. A unidade utilizará como matéria-prima gás natural processado, com consumo médio previsto de 2,2 milhões m³/dia.

Na avaliação do prefeito de Três Lagoas, as notícias são excelentes tanto para o municipio quanto para o Estado. “Com a confirmação do processo de comercialização, o processo de venda tem aproximadamente seis meses para terminar, mas, estamos otimistas que a retomada das obras será imediata”, observa.