avaliação

Programa indica que Toyota e VW têm carros com segurança

14 OUT 2017 • POR DA REDAÇÃO • 07h30
Teste de colisão com o Onix - Divulgação

A compra de um carro sempre envolve mais aspectos emocionais que racionais. Design, conforto e até potência têm um poder de atração forte entre os consumidores.

Mas, com o passar dos anos, os brasileiros foram sendo estimulados a se interessarem mais pela questão da segurança na hora de escolher um automóvel.

Mudanças na legislação, como a que implantou airbags frontais e ABS obrigatórios em todos os modelos produzidos a partir de 1º de janeiro de 2014, foram decisivas nesse ponto.

Outro fator chama a atenção e começa a ganhar mais destaque: os testes de impacto promovidos nos modelos vendidos no País. É aí que entra o Programa de Avaliação de Carros Novos para América Latina e Caribe, o Latin NCAP.

O instituto utiliza métodos de ensaio internacionalmente reconhecidos e qualifica entre zero e cinco estrelas a proteção oferecida pelos modelos para ocupantes adultos, crianças e até pedestres.

Neste ano, por exemplo, já foram realizadas cinco séries de testes pelo programa. A última delas, a quinta, resultou em qualificação máxima para os novos Toyota Corolla e Volkswagen Polo. Tanto o sedã quanto o hatch conseguiram cinco estrelas na proteção do ocupante adulto e também do infantil.

*Leia reportagem no suplemento Correio Veículos na edição de sábado/domingo do jornal Correio do Estado.