estimulando

Projeto traz à Capital escritores para falar sobre erotismo e literatura

5 OUT 2017 • POR DA REDAÇÃO • 05h00
Escritores Alexandre Rodrigues e Vanessa Trajano - Divulgação

Dois nomes da nova geração de escritores brasileiros estão em Campo Grande hoje para falar de forma descontraída sobre a conexão entre literatura e erotismo, este que é elemento presente em suas obras – e tem soado transgressor quando associado a diferentes expressões de arte por aí. 

Os autores são Alexandre Rodrigues e Vanessa Trajano, ele de São Paulo e ela do Piauí. A conversa começa às 19h, na Morada dos Baís, e será mediada pela escritora regional Isloany Machado.

O evento, aberto ao público e gratuito, faz parte do projeto “Arte da Palavra”, um circuito nacional promovido pelo Sesc para divulgar novos escritores e estimular a formação de leitores em todas as regiões do País. 

A programação da última edição do projeto deste ano começa hoje, mas vai até o fim do mês. Denisson Palumbo, da Bahia, e Marcelino Freire, de Pernambuco, são os próximos convidados.

Alexandre nasceu em Santos, e estreou na literatura após vencer concurso nacional do Sesc, em 2014. Na época, tinha 34 anos, e recebeu como premiação a publicação de seu primeiro livro de contos pela editora Record, o “Parafilias”. 

A escritora teresinense Vanessa Trajano é um dos mais importantes nomes da literatura feminina do Nordeste. Destaca-se pela publicação, “Mulheres Incomuns” (2014), um livro de contos eróticos. 

Publicou 8 livros, entre participações em antologias e obras individuais, das quais se destacam a coletânea de contos “Poemas Proibidos” (2014) e o romance “Doralice” (2015). Participou da Bienal de São Paulo, em 2014, e da Feira Internacional do Livro de Paraty (FLIP), em 2015.

*Leia reportagem, de Cassia Modena, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.