Vila Almeida

Passageiro desce de ônibus e morre atropelado perto de UPA

Wendel Silva já teria entrado embaixo de viatura do Samu

4 OUT 2017 • POR RODOLFO CÉSAR E GLAUCEA VACCARI • 19h20
Polícia Militar interditou local onde Wendel Silva foi atropelado - Glaucea Vaccari/Correio do Estado

Ônibus da linha 073, do transporte público de Campo Grande, passou sobre o passageiro Wendel Silva hoje, no começo da noite. O homem, que teria 20 anos, idade certa não foi divulgada, havia acabado de descer do veículo em ponto que fica na Rua Yokohama, esquina com Rua Constantinopla, perto da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Vila Almeida.

Bombeiros foram acionados, mas não foi possível salvá-lo. O veículo passou sobre a cabeça da vítima. O ônibus fazia a linha Nova Bahia-Júlio de Castilho.

O motorista, que pediu para não ser identificado, explicou que conhecia Wendel de vista e ele aparentava ter problemas mentais. "Ele descia de um ônibus e entrava em outro. Era bem conhecido e tinha entrado embaixo dos ônibus em outros momentos", comentou.

Desta vez, o condutor não viu Wendel e ao continuar o trajeto atingiu a vítima, que estava perto da roda traseira.

Equipe do Samu, que atestou o óbito, informou para a reportagem que já havia atendido Wendel em outros momentos e ele também tinha seguido para debaixo da viatura. 

"Ele vivia por aqui, Tomava até banho na mangueira da UPA", comentou uma mulher que foi testemunha do acidente. Ela preferiu não divulgar o nome.

Segundo representante do Consórcio Guaicurus, Wendel já teria entrado embaixo de ônibus em linhas que passam pelo bairro Coronel Antonino e Nova Bahia.

Até o momento que a reportagem ficou no local do acidente, nenhum familiar tinha aparecido. A Polícia Civil e a perícia criminal foram acionadas. Até a publicação desta matéria não tinha sido informado como seria elaborado o boletim de ocorrência.