Correio Rural

MS ficou em 8º lugar entre os principais estados produtores do país

Estado elevou de 4,8% para 5% a participação no valor da produção agrícola nacional em 2016

2 OUT 2017 • POR Daniella Arruda • 08h24
MS despontou como 3º maior produtor de milho do País em 2016 - Paulo Ribas / Correio do Estado

Mato Grosso do Sul ficou em oitavo lugar entre os principais estados produtores brasileiros e aumentou de 4,8% para 5% sua participação no valor da produção agrícola nacional em 2016, em relação ao ano anterior, de acordo com a Pesquisa Agrícola Municipal (PAM), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Entre os municípios produtores, sete se destacaram no levantamento: Rio Brilhante, em função do crescimento da produção de cana; Maracaju, Ponta Porã, Sidrolândia, Dourados e São Gabriel, diante do desempenho na soja e no milho; e Costa Rica, impulsionada pela cultura do algodão.

De acordo com os dados da PAM 2016, Maracaju, que ocupou a 13ª posição no ranking geral dos municípios, teve área colhida de 505,519 mil hectares e valor de produção de R$ 1,391 bilhão, apresentando crescimento de 10% na produção em relação a 2015. O município responde por 0,4% no valor de participação da produção nacional. 

Ainda considerando o cômputo geral, o IBGE relaciona também os municípios de Ponta Porã (19º), com área colhida de 379,205 mil hectares e crescimento de 7% no valor de produção, fechado em R$ 1,138 bilhão; Sidrolândia (24º), com 362,157 mil hectares colhidos e incremento de 15,3% no valor de produção, de R$ 952,406 milhões; Dourados (25º), onde a área colhida foi de 312,242 mil hectares e o valor de R$ 944,574 milhões, 20,6% maior que o de 2015; Costa Rica, com área colhida de 184,565 mil hectares e valor de produção de R$ 768,641 milhões (+8,8%); e São Gabriel do Oeste (48º), com área colhida de 205,750 mil hectares e valor de produção de R$ 664,198 milhões (aumento de 12,2%).

Reportagem completa está na edição de hoje do Correio Rural. Clique aqui para acessar.