Sexta, 22 de Setembro de 2017

SAÚDE

Alimentos light podem engordar tanto quanto regulares

22 AGO 2011Por TERRA11h:12

A maioria das pessoas, ao lembrarem das férias de verão e dos corpos expostos na praia e na piscina, acabam fazendo substituições na alimentação, trocando o pacote de biscoitos tradicional por um com menos calorias. O raciocínio de que ingerir menos calorias emagrece é lógico, mas alguns estudos têm mostrado que ele não funciona tão bem assim, segundo divulgou o site YouBeauty.

"As pessoas ficam mais preocupadas em adquirir produtos light ou sem gorduras, achando que são mais saudáveis e têm pouca caloria, mas acabam se descuidando das porções", contou a nutricionista Joy Bauer, lembrando que as calorias continuam contando e que não se pode comer o quanto quiser de um alimento só porque ele tem a rotulagem de light.

Brian Wansinck, autor do livro Mindless Eating: Why We Eat More Than We Think (algo como Comendo com a mente: por que comemos mais do que pensamos, ainda sem tradução em Português) e diretor do laboratório de marcas e alimentos da Universidade de Cornell, nos EUA, disse que as pessoas que escolhem alimentos com pouca gordura acabam aumentando sua ingestão calórica em 25 a 44%.

Joy destacou que um pacote de cookies light tem mais carboidratos e açúcares do que a versão regular, pois as empresas adicionam mais açúcar para deixar o produto com um sabor melhor e muita gente acha que está compensando calorias ao adquirir a versão com pouca gordura. "Controlar as calorias - e não a gordura - é que é importante para perder peso", falou.

Os profissionais ensinaram que para não errar a mão, basta ter controle. Comer apenas um cookie na versão regular de vez em quando não vai fazer tão mal quanto consumir o pacote inteiro da versão light. Manter o pacote distante também ajuda a distrair e evitar o excesso.

Leia Também