Sexta, 22 de Setembro de 2017

são joão da boa vista

Agressores de pai e filho confundidos com casal gay são identificados, mas continuam soltos

20 JUL 2011Por AGÊNCIA BRASIL12h:28

A Polícia Civil de São João da Boa Vista, no interior paulista, já identificou dois integrantes do grupo que espancou pai e filho na madrugada da última sexta-feira (15) durante a exposição agropecuária do município. Até agora, porém, eles continuam em liberdade. Uma das vítimas teve parte da orelha decepada.

Em depoimento ontem (19), um homem de 25 anos confessou ter participado da agressão, mas negou que o motivo tenha sido discriminação sexual. O delegado titular do 1º Distrito Policial, Fernando Zucarelli, pediu a prisão preventiva do agressor, que foi negada pela Justiça.

Segundo Zucarelli, ainda não está marcada a data para ouvir o outro acusado, de 30 anos.

Leia Também