Segunda, 26 de Junho de 2017

Bogotá

Santos empata e agora decide
classificação na Libertadores na Vila

20 ABR 2017Por Folhapress09h:46

Sem se expor no sistema defensivo e com pouca eficiência ofensiva, o Santos empatou com o Santa Fe por 0 a 0, nesta quarta-feira (19), em Bogotá, na Colômbia, pela terceira rodada do Grupo 2 da Copa Libertadores.

Com o resultado, a equipe dirigida por Dorival Júnior se manteve na liderança da chave com cinco pontos, contra quatro do time colombiano, que ocupa a vice-liderança.

A vitória era considerada fundamental para o técnico Dorival Júnior ganhar um pouco mais de tranquilidade para a sequência da temporada. Ele está pressionado em virtude dos altos e baixos do time até agora no ano.

Apesar do resultado, o clube poderá obter a classificação para a próxima fase na Vila Belmiro. Dos três próximos jogos no torneio, dois serão em casa: contra o próprio Santa Fe e diante do Sporting Cristal, do Peru, dias 4 e 23 de maio, respectivamente.

O clube jogará fora de seus domínios apenas diante do The Strongest, da Bolívia, em jogo marcado para o 17.

O Santos ainda não sabe se fará algum jogo oficial antes do duelo contra o Santa Fe. A definição deve ocorrer nesta quinta-feira (20), quando a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) sorteará os jogos das oitavas de final da Copa do Brasil.

Nesta quarta (19), o Santos decepcionou novamente e ficou longe do futebol apresentado na temporada passada.

A equipe marcou bem, mas não conseguiu sair no contra-ataque e nem criou oportunidades de gol durante o jogo.

Nos últimos minutos, o time ainda jogou com um a menos após a expulsão de Jean Mota, que mais uma vez jogou improvisado no lugar do lateral esquerdo Zeca.

SANTA FE
Leandro Castellanos; Juan Daniel Roa, David Moya, Antonio Urrego e Dairon Mosquera; Baldomero Perlaza (Pérez), Yeison Gordillo; Jonatan Gómez, Johan Arango; Valencia (Ceter) e Andrés Stracqualursi. Técnico: Gustavo Costas

SANTOS
Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota; Renato, Thiago Maia e Lucas Lima; Vitor Bueno (Leandro Donizete), Bruno Henrique (Yuri) e Ricardo Oliveira (Copete). Técnico: Dorival Júnior

Local: Estádio El Campín, em Bogotá-COL
Árbitro: Fernando Rapallini-ARG
Cartões amarelos: Jean Mota, Thiago Maia e Bruno Henrique (Santos); Gordillo, Perlaza e Gomes (Santa Fe)

Leia Também