Domingo, 30 de Abril de 2017

RIO

Douglas decide, Fabuloso marca, e Vasco bate o Botafogo para faturar a Taça Rio

16 ABR 2017Por Globoesporte.com18h:41

Vasco faturou o título da Taça Rio neste domingo ao vencer o Botafogo por 2 a 0, no estádio Nilton Santos. Ainda se organizando nas mãos de Milton Mendes, o time contou com gol do incansável Douglas para levar o segundo turno do Campeonato Carioca pela décima vez.

Diante de um público de 17.969 pagantes (20.469 presentes) e renda de R$ 532.900,00, o Vasco aproveitou a superioridade numérica por 30 minutos - após a expulsão de Marcelo - para derrotar o time quase todo reserva do Botafogo, que tem grande parte do elenco já no Equador para o duelo de quinta-feira contra o Barcelona, em Guayaquil. Após Douglas abrir o placar, ainda houve tempo de Luis Fabiano fazer o primeiro dele com a camisa cruz-maltina. Bruno Silva, do Botafogo, chutou a bola no juiz no momento do apito final e foi expulso. 

 Agora, o Campeonato Carioca entra definitivamente na hora da verdade. Em jogo único, as semifinais acontecem no próximo fim de semana. O Botafogo encara o Flamengo, e o Vasco tem pela frente o Fluminense. Fla e Flu jogam pelo empate para irem à finalíssima. Antes, o Botafogo joga pela Libertadores contra o Barcelona-EQU, quinta-feira, em Guayaquil.

O Botafogo iniciou até de forma surpreendente, acelerando bastante o jogo e criando algumas chances. Guilherme era boa opção pela esquerda, mas não demorou para que o Vasco se organizasse defensivamente e fosse mais intenso nos contra-ataques, com saídas rápidas de Andrezinho e Douglas, este sempre a melhor opção.

Rodrigo provocou o goleiro Helton Leite antes de uma bola parada e iniciou uma confusão. Leandrinho sentiu pouco depois e deixou o campo chorando muito por mais uma oportunidade de mostrar seu futebol perdida. Bruno Silva, de cabeça, ainda obrigou Martin Silva a fazer boa defesa. No fim dos primeiros 45 minutos, o placar sem gols acabou sendo justo.

Os dois times voltaram errando muito. Luis Fabiano lutava, mas sentia o isolamento, o que também acontecia com Sassá do outro lado. Para melhorar a articulação, Milton Mendes trocou Andrezinho por Guilherme Costa. E a prata da casa entrou bem, sofrendo a falta que originou a expulsão de Marcelo, do Botafogo, aos 18 minutos. 

Os minutos finais foram do tradicional ataque contra defesa, e o Vasco só não fez o gol aos 36 porque Helton Leite fez grande defesa em peixinho de Douglas. Mas o melhor jogador em campo merecia ser premiado. E, aos 41, Douglas aproveitou rebote para enfim tirar o zero do placar. Ainda houve tempo para Luis Fabiano marcar o primeiro com a camisa do Vasco.  

Leia Também