Domingo, 22 de Outubro de 2017

Estava desaparecido

Canoísta da seleção brasileira
é achado morto no litoral de SP

1 OUT 2017Por G116h:36

O corpo do canoísta profissional Diego Bichir foi encontrado, no início da tarde deste domingo (1), em Bertioga, no litoral de São Paulo. Ele estava desaparecido desde a última sexta-feira (28) quando saiu para remar. Bichir estava se preparando para defender a seleção brasileira no campeonato sul-americano, no Peru.

De acordo com informações do Grupamento de Bombeiros Marítimo (GBMAR), o corpo foi encontrado no mar, próximo ao canal de Bertioga, por volta das 14h. Os familiares do canoísta já reconheceram o corpo, que será encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Santos.

Bichir competia com uma equipe de canoa havaiana composta por seis pessoas. Ele participou do Campeonato Brasileiro neste ano e garantiu vaga, com a equipe mista, para o campeonato sul-americano que será realizado novembro, em Lima, no Peru.

Caso

Diego Bichir foi remar, por volta das 14h, da última sexta-feira (28). O canoísta estava sozinho e saiu para navegar no canal de Bertioga, próximo ao Forte São João, em direção ao Sesc da cidade. O último contato com a família foi com a avó e um primo, que avistou Bichir remando para fora da laje. Cerca de 40 minutos após a partida, os bombeiros encontraram a canoa e os remos de Bichir nas imediações do Sesc.

Equipes do GBMar iniciaram as buscas para encontrar o canoísta na tarde de sexta-feira com botes, moto aquática e lancha. As buscas foram retomadas foram realizadas no sábado e também no domingo.

Leia Também