Domingo, 24 de Setembro de 2017

Mundial de Atletismo

Campeão paralímpico, três-lagoense fatura
bronze inédito em competição

16 JUL 2017Por JONES MÁRIO16h:08

O três-lagoense Ricardo Costa Oliveira, 35 anos, faturou medalha de bronze neste domingo (16), na prova do salto em distância do Mundial de Atletismo Paralímpico, realizado no Estádio Olímpico de Londres, na Inglaterra.

Ouro na mesma prova nos Jogos do Rio de Janeiro 2016, o sul-matogrossense compete pela classe T11 (cego total).

Oliveira ficou em terceiro lugar ao atingir a marca de 6,21 metros em seu quarto salto. A dourada ficou com o norte-americano Lex Gillette, que alcançou 6,27 m e faturou o seu terceiro título mundial consecutivo.

O ucraniano Ruslan Katyshev, que conseguiu os mesmos 6,21m de Ricardo, mas tinha um segundo salto melhor do que o do brasileiro (6,17m contra 5,94m), completou o pódio com a prata.

O três-lagoense comemorou o resultado, inédito em sua carreira. “A minha corrida oscilou bastante durante a prova, porque eu tentei ser um pouco mais veloz, e isso ocasionou a queima de quatro dos meus saltos”, disse.

“Tenho convicção de que qualquer um deles teria me dado a medalha de ouro. Eu estou voltando para casa muito satisfeito, porque sei que fiz o meu melhor, independente do resultado. O bronze está ótimo e é minha primeira medalha em um Mundial”, completou o paratleta.

Ricardo Oliveira é irmão da também três-lagoense e campeã paralímpica do salto em distância T11 no Rio de Janeiro, Silvânia Costa. A paratleta está afastada das competições devido ao nascimento recente de seu segundo filho.

Outro sul-mato-grossense que disputou do Mundial foi Fabrício Júnior, 19. No sábado (15), o naviraiense ficou com a quarta posição na final dos 100 m T12 (baixa visão), com tempo de 11s14. O paratleta ficou a apenas cinco centésimos do espanhol Joan Munar, medalhista de bronze.

Já o douradense Paulo Henrique Reis, 19, vai competir pela classe T13 (baixa visão) no salto em altura. As provas do Mundial de Atletismo Paralímpico seguem até o próximo domingo (23).
 

Leia Também