Segunda, 20 de Novembro de 2017

FUTEBOL

Botafogo derruba 4 campeões da Libertadores e volta às oitavas após 21 anos

19 MAI 2017Por FolhaPress09h:18

O Botafogo é o quarto brasileiro classificado para as oitavas de final da Libertadores. Para chegar nessa posição, no entanto, o time carioca teve que derrubar quatro campeões da competição -inclusive o atual. Colo-Colo (CHI), Olímpia (PAR), Estudiantes (ARG) e Atlético Nacional (COL) não conseguiram segurar o clube de General Severiano. Na última quinta-feira (18), a vaga veio com uma vitória por 1 a 0 sobre os colombianos.

Mais que isso, o Botafogo quebrou um longo tabu ao chegar às oitavas de final. Essa é a quinta participação botafoguense na Libertadores. A primeira, em 1963, foi a que chegou mais longe: semifinal, derrotado pelo Santos. Em 1973, não passou da fase de grupo.

Em 1996, após ser campeão brasileiro no ano anterior, o Botafogo chegou até às oitavas de final. Acabou eliminado pelo Grêmio. A última participação ocorreu em 2014, quando caiu na fase de grupos.
Assim, a classificação do Botafogo é histórica. Há 21 anos que o Botafogo não chegava a esta etapa da competição. A descrença no time virou combustível para os jogadores.

"A maioria não acreditava, mas é assim que a gente gosta. Sabemos que a maioria torce contra. Manter cabeça tranquila. Demos mais um passo, mas tem muito pela frente. Conseguimos o nosso objetivo inicial. O Botafogo pode ir até onde nossos sonhos permitirem. E sonhamos com essa final", disse Victor Luis.

"Grande campanha desde o Brasileiro do ano passado. É um grande grupo. Tivemos duas vitórias contra o atual campeão da Libertadores [Atlético Nacional] que nos credencia. Agora é pés no chão, passamos por dois matas-matas [pré-Libertadores] e sabemos como é. Queremos ir o mais longe possível", completou Camilo.

Para os jogadores, o Botafogo teve que enfrentar muita gente forte na Libertadores e isso o tornou ainda mais forte. Quatro campeões da competição ficaram pelo caminho para que os cariocas seguissem na disputa.

"Nosso grupo é muito difícil, tinham dois campeões da Libertadores. Entendemos a situação e deixamos oba-boa de fora, mantivemos pés no chão. Não queremos provar nada para ninguém, mas para gente mesmo. Hoje estamos classificados", afirmou Bruno Silva.

"Classificação muito importante e deve ser valorizada. Não jogamos para dar reposta, mas muita gente falou que nem da pré-Libertadores a gente passaria. Hoje estamos classificados com uma rodada de antecedência", finalizou Rodrigo Lindoso.

 

 

Leia Também