Sexta, 24 de Novembro de 2017

JUNTA COMERCIAL

Mato Grosso do Sul perde 494 empresas
só no primeiro bimestre do ano

Em fevereiro, foram 267 extinções, pior resultado para o mês

16 MAR 2017Por RENATA PRANDINI05h:00

Mato Grosso do Sul encerrou o primeiro bimestre de 2017 com alta de 23,8% no número de empresas fechadas. Ao todo, 494 estabelecimentos foram extintos, 95 a mais em comparação ao mesmo período do ano passado. 

De acordo com dados da Junta Comercial de Mato Grosso do Sul (Jucems), somente no mês de fevereiro foram 267 empresas extintas, 40 a mais em comparação à janeiro deste ano (227 extinções). Este foi o pior resultado para um mês de fevereiro de toda a série histórica da Jucems, superando fevereiro de 2016, quando 239 firmas encerraram suas atividades no Estado.

Para o presidente da Jucems, Augusto César Ferreira Castro, o número de empresas fechadas neste começo de ano acompanha um comportamento que já vinha sendo registrado, em decorrência da crise econômica nacional. “Esse movimento já vem de algum tempo quando se faz um estudo comparativo. Recentemente saiu um estudo sobre o fechamento de lojas do comércio em Campo Grande. Neste caso, a gente estava identificando um movimento de fechamento das lojas no Centro e abertura nos bairros”, frisou. 

(*) A reportagem completa está na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Leia Também