Domingo, 04 de Dezembro de 2016

prefeitura

Investimentos em Campo Grande
caem 63% e folha cresce 28%

Relatório orçamentário aponta aumento nas despesas com servidores

30 NOV 2016Por DA REDAÇÃO06h:00

Em 10 meses, a Prefeitura de Campo Grande reduziu em 63,3% o volume de recursos destinados para investimentos no município, enquanto os gastos com pessoal e encargos sociais tiveram aumento de 28,3% no mesmo período.

De acordo com relatório orçamentário publicado ontem (29) no Diário Oficial do município, as receitas com investimentos recuaram de R$ 100,242 milhões para R$ 36,728 milhões de janeiro a outubro deste ano na comparação com o mesmo período de 2015, enquanto as despesas com pessoal passaram de R$ 106,075 milhões para R$ 136,026 milhões.

Conforme o balanço da prefeitura, a dotação orçamentária prevista para investimentos era de R$ 320,405 milhões; foram destinados, portanto, 11,4% desse total. Somente no quinto bimestre deste ano (setembro-outubro), o valor direcionado para investimentos na Capital foi de R$ 2,32 milhões. 

As receitas tiveram acréscimo de 4,66%, passando de R$ 2,248 bilhões para R$ 2,353 bilhões. Com estes resultados, as contas do município chegam ao quinto bimestre de 2016 superavitárias em R$ 315,078 milhões, valor 102,2% superior ao do mesmo período do ano passado (R$ 155,812 milhões). 

*Leia reportagem, de Daniella Arruda, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

 

Leia Também