Quarta, 22 de Novembro de 2017

MATO GROSSO DO SUL

Azambuja confirma reunião sobre exploração de petróleo e gás em MS

Segundo ele, presidente da ANP virá ao Estado tratar sobre leilão de áreas

26 SET 2017Por MARESSA MENDONÇA E GABRIELA COUTO12h:36

Em agenda pública realizada hoje, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) informou que vai se reunir com a presidência da  Agência Nacional do Petróleo (ANP) para tratar das áreas de Mato Grosso do Sul que serão leiloadas para exploração de petróleo e gás natural. A data do encontro ainda não foi confirmada.

Azambuja disse que o presidente da ANP virá ao Estado para mostrar quais áreas serão leiloadas. “É mais uma possibilidade de ganho para Mato Grosso do Sul”, declarou.

LICITAÇÃO

Na quarta-feira, onze blocos de exploração de petróleo e gás natural na Bacia do Paraná no Estado estarão em oferta na 14ª Rodada de Licitações da Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Os blocos abrangem os municípios de Rosana, Água Clara, Anaurilândia, Angélica, Bataguassu, Batayporã, Brasilândia, Campo Grande, Deodápolis, Ivinhema, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Santa Rita do Pardo, Taquarussu e Três Lagoas.

A Bacia do Paraná é classificada como Nova Fronteira, ou seja, tem áreas geologicamente pouco conhecidas e barreiras tecnológicas ou do conhecimento a serem vencidas.

Os bônus de assinatura mínimos variam entre R$ 381 mil e R$ 429 mil.  Mato Grosso do Sul ainda não tem produção de petróleo ou gás natural e não há áreas em fase de exploração no Estado.

Contudo, a área em oferta possui potencial para descobertas de gás natural em modelo exploratório análogo àquele do Parque dos Gaviões na Bacia do Parnaíba, que é atualmente a segunda maior produtora terrestre de gás natural.

Leia Também