Domingo, 24 de Setembro de 2017

duas rodas

BMW G 310 GS e Kawasaki Versys 300
devem mexer com mercado

16 SET 2017Por DA REDAÇÃO07h:30

O mercado de motos segue em queda no Brasil – nos oito primeiros meses de 2017, a retração atingiu 18,77%.

Mas o cenário de crise parece ser também, para muitos fabricantes, uma oportunidade de se destacar em segmentos que tendem a sofrer menos os efeitos de um período de recessão. E, por esse prisma, o mercado em torno de 300 cilindradas guarda particularidades que o colocam em posição de destaque.

Além de ser uma porta de entrada para modelos de média cilindrada, pode servir de alternativa para quem não está com tanto dinheiro para trocar de carro ou mesmo para quem está em uma categoria superior e quer descer sem necessariamente se sentir fazendo um “downgrade”.

Dois lançamentos previstos para o Salão de São Paulo, em novembro, e com chegada garantida ao Brasil em 2018 prometem aquecer esse mercado.

Pelo menos entre os modelos aventureiros: a BMW G 310 GS e a Kawasaki Versys 300. Ambas terão como principais concorrentes, além de uma à outra, a Honda XRE 300 e a Yamaha Ténéré 250.

A G 310 GS faz parte da ambiciosa meta da fabricante bávara de vender 200 mil unidades de motos em 2020. Para isso, a BMW conta com uma boa participação do Brasil e do resto da América Latina e terá o modelo entre os montados em sua nova fábrica, em Manaus, inaugurada em outubro do ano passado.

A Kawasaki Versys 300 chega para se juntar às já vendidas no Brasil Z300 e Ninja 300, que levam o mesmo trem de força. Trata-se de um propulsor de dois cilindros e 296 cc, com refrigeração líquida. 

*Leia reportagem no suplemento Correio Veículos da edição deste sábado/domingo do jornal Correio do Estado.

Leia Também