Segunda, 22 de Maio de 2017

CIÊNCIA

Cientistas usam edição de DNA
para extrair HIV de camundongos

9 MAI 2017Por Folhapress21h:00

Pesquisadores, pela primeira vez, utilizaram a ferramenta de edição gênica Crispr para eliminar o HIV de animais vivos infectados.

A pesquisa, de pesquisadores da Universidade Temple e da Universidade de Pittsburgh, foi recentemente publicada no periódico científico "Molecular Therapy".

Com a técnica Crispr é possível eliminar pedaços de genoma defeituosos e substituí-los por uma versão correta do DNA.

De início, os pesquisadores, com a Crispr, tornaram inativo o HIV em camundongos transgênicos, alcançando uma redução entre 60% e 95% da expressão do RNA viral.

Em seguida, o teste foi com o EcoHIV -nos camundongos, equivalente ao HIV humano. Nesse caso, a extração teve sucesso de 96%.

Por fim, os cientistas utilizaram roedores com células imunes humanas -sistema atacado, no corpo humano, pelo HIV. Utilizando a técnica Crispr, os pesquisadores tiveram sucesso na extração do vírus das células.

Leia Também