Terça, 23 de Maio de 2017

NATUREZA

Pescadores flagram sucuri gigante
em rio de Mato Grosso do Sul

PMA confirmou que imagens foram gravadas no rio Sucuriu

11 JAN 2017Por GISELE MENDES, DE TRÊS LAGOAS17h:29

O vídeo de uma sucuri ganhou grande repercussão nas redes sociais nesta semana. Pescadores flagraram a cobra às margens do Rio Sucuriu, em Três Lagoas, na semana passada.

A Polícia Militar Ambiental (PMA) confirmou que a sucuri foi flagrada em Três Lagoas e que há muitas cobras no rio. A corporação detalhou que nem sempre este tipo de réptil é facilmente localizado fora da água. Por isso, os pescadores são os que mais conseguem encontrá-los.

Nas imagens feitas recentemente, é possível ver que a cobra havia acabado de se alimentar e não tinha condições de rastejar. Isso porque o corpo dela estava dilatado. Não foi possível medir o animal. Os pescadores que a encontraram sugeriram que ela teria cinco metros de comprimento.

A PMA faz alerta às pessoas para que nunca cheguem perto desses animais, mesmo que eles tenham acabado de se alimentar, pois oferecem risco ao ser humano e podem atacar com o instinto de defesa.

A sucuri é originária da América do Sul e há quatro espécies, sendo que três delas habitam rios, lagoas e regiões alagadas. Elas não são peçonhentas e conhecidas como a segunda maior serpente do mundo. Uma fêmea pode chegar a nove metros de comprimento. O macho tem tamanho máximo de 4,5 metros. A maior é a píton que vive na Ásia.

As espécies existentes são sucuri-amarela (encontrada no Pantanal), sucuri-verde (região amazônica e cerrado), sucuri-malhada (Ilha de Marajó) e sucuri-da-Bolívia.

A gravação fez sucesso nas redes sociais e até a publicação desta matéria já via mais de 2 mil compartilhamentos e milhares de curtidas.

VEJA O VÍDEO

Leia Também