Segunda, 20 de Novembro de 2017

INVESTIGAÇÃO

Homem pode ter sido morto por engano no lugar do irmão em Três Lagoas

Um dos suspeitos pelo crime foi preso na sexta-feira

9 JAN 2017Por Gisele Mendes18h:21

Investigações feitas pela Polícia Civil de Três Lagoas mostram que Alfredo Avelino de Souza, 39 anos, pode ter sido morto por engano, na quinta-feira passada, enquanto estava sentado em frente à bicicletaria do seu irmão.

Duas pessoas chegaram em uma moto e uma delas atirou várias vezes contra Souza. Ele morreu na hora. A dupla fugiu, porém, na sexta-feira (6) pela manhã policiais do Setor de Investigações Gerais (SIG) prenderam João Paulo Liberato Miranda, 20 anos, apontado como a pessoa que matou Souza.

O segundo envolvido, que pilotava a moto, foi identificado como Matheus Campos Silva, 18 anos. Ele é considerado foragido pela Justiça e polícia se empenha em localizá-lo.

De acordo com o delegado da 3ª Delegacia de Polícia Civil, Alessandro Rogério Capobianco, responsável pelo caso, ainda não há provas de ele foi morto por engano, porém, algumas evidências levam a polícia a crer nessa possibilidade.

“A vítima não morava naquela região e estava sentada na cadeira que o irmão sempre sentava naquele horário e ela não tinha antecedentes criminais, era trabalhador, tinha família. Já o irmão tem passagem pela polícia. Mas ainda é cedo para tirar essa conclusão, continuaremos investigando essa possibilidade”, destacou. 

Leia Também