Sexta, 24 de Novembro de 2017

CASA LOTÉRICA

Cliente não consegue fazer aposta em lotérica e Justiça nega indenização

Ele alegou que poderia ter recebido mais de R$ 20 mil, mas perdeu ação

20 OUT 2017Por MARESSA MENDONÇA09h:37

Morador de Três Lagoas entrou com ação de danos morais na Justiça porque não conseguiu registrar aposta em casa lotérica do município. Ele alegou ter perdido a chance de ganhar mais de R$ 20 mil, mas como não conseguiu provar que venceria a aposta também teve o pedido de indenização negado.

O caso aconteceu em fevereiro do ano passado, quando o apostador foi até casa lotérica na tentativa de fazer um jogo de Lotogol.

Ele chegou ao local por volta das 10h, mas não conseguiu ser atendido porque a fila estava grande e o estabelecimento seria fechado em pouco tempo. Uma das atendentes teria dito que a prioridade era receber o pagamento de contas e boletos.

Ele não conseguiu participar do sorteio e acabou entrando na Justiça para pedir condenação da casa lotérica ao pagamento de indenização por danos morais pela “chance perdida”.

Na ação ele alegou que, se tivesse acertado 5 números receberia mais de R$ 20 mil, conforme as regras do jogo.

A lotérica respondeu que o jogo não foi realizado por culpa do próprio apostador e que ele não conseguiu provar que a chance de ele vencer era real e séria. Ele só apresentou o resultado do jogo.

A juíza responsável pelo caso, Emirene Moreira de Souza Alves, concordou que o apostador não conseguiu comprovar o erro da lotérica nem que o resultado do jogo coincidiria com a suposta aposta. A sentença foi publicada nesta semana.

Segundo ela, não passa de um dano hipotético e o pedido de indenização não merece prosperar. “Embora seja possível, em tese, a indenização, há que se demonstrar a certeza do dano e o seu montante, o que o autor não fez”, finalizou a juíza.

Leia Também