Domingo, 04 de Dezembro de 2016

TRÊS LAGOAS

Câmara Municipal votará congelamento
de salários de vereadores e prefeito

Proposta foi debatida durante sessão extraordinária nesta quarta-feira

30 NOV 2016Por GISELE MENDES, DE TRÊS LAGOAS15h:29

Apesar de especulações de que a Câmara Municipal de Três Lagoas votaria um projeto que previa reajuste salarial de vereadores, prefeito e de secretários, o presidente da Casa, Jorge Aparecido Queiroz (PSDB), disse que não votará qualquer aumento em subsídios desse gênero. Atualmente, um vereador recebe R$ 10 mil por mês e se votado, projeto previa aumento de R$ 2 mil.

O pronunciamento foi feito na manhã desta terça-feira (29), durante sessão extraordinária. “Não haverá votação como também os salários dos vereadores, prefeito e secretários municipais serão congelados para os próximos quatro anos”, destacou.

De acordo com Jorge, nenhum projeto com essa proposta foi tramitado e que nunca fez acordo com o prefeito eleito, Angelo Guerreiro (PSDB), nesse sentido, como foi publicado nas redes sociais de integrantes do grupo “Vem Pra Rua TL”.

Jorginho destacou ainda que antes do recesso, previsto para iniciar daqui duas semanas, o projeto de Lei que mantém os valores e os congela será votado na Câmara.

O assunto causou burburinho na Câmara e os 17 vereadores passaram a se manifestar contra ou a favor de possível reajuste. Marisa Rocha (PSB) e Tonhão (PMDB) disseram ser a favor de reajuste, já os parlamentares Jorge Martinho (PSD), Klebinho (PPS), Gilmar Garcia (PSB) e Sirlene da Saúde (PROS) defendem não ser o melhor momento para receberem reajuste e preferem que o mesmo seja congelado por quatro anos. Os demais se mostraram indecisos e não opinaram. 

Leia Também