Sexta, 28 de Julho de 2017

ESTATÍSTICA

Trânsito foi responsável por 20 internações diárias na Santa Casa no ano passado

Número refere-se a pacientes de Campo Grande e interior do Estado

11 JAN 2017Por LAURA HOLSBACK08h:35

Cada vez mais violento, cercado por falta de atenção e imprudência, o trânsito foi responsável por média de 20 internações diárias, na Santa Casa de Campo Grande, em todo o ano passado.

De acordo com o hospital, o ano encerrou com 7.240 atendimentos decorrentes de acidentes em vias públicas da Capital e cidades do interior do Mato Grosso do Sul. O número representa média de 603 atendimentos por mês ou 20 por dia. Grande parte corresponde à Capital.

Comparado a 2015, houve aumento de 14% no índice de atendimentos. No mesmo período, 6.349 acidentados no trânsito deram entrada no hospital.

Dezembro encerrou como um dos meses de maior movimento. Foram atendidas 631 pessoas no setor de ortopedia e traumatologia.

MOTOCICLISTA

Em reportagem publicada na segunda-feira (9), estatística do Batalhão da Polícia Militar de Trânsito (BPTran) mostra que motociclistas são responsáveis pelo maior número de acidentes em Campo Grande.

Conforme dados, 53% das batidas envolveram ocupantes de moto. Em número absoluto, isso representa 4.579 do total de 8.517.

Índice confirmado também pela Santa Casa que diz ter atendido 4.715 feridos que ocupavam motos, no ano passado, ressaltando que a quantidade é maior porque refere-se também a pacientes recebidos de cidades do interior.

Ano passado, 6.824 pessoas ficaram feridas ou morreram no trânsito da Capital, segundo a polícia de trânsito.

Leia Também