Terça, 21 de Fevereiro de 2017

bonito

Recurso emergencial garante
funcionamento do aeroporto de Bonito

Pacote de R$ 40 milhões foi solicitado à Secretaria de Aviação Civil da PR

17 FEV 2017Por RODOLFO CÉSAR08h:50

O Aeroporto de Bonito, sob intervenção do governo do Estado há cinco meses, vai receber investimentos para garantir que haja funcionamento pleno. Por conta da cidade ser turística, duas companhias aéreas atuam no local, a Azul Linhas Aéreas e a Gol Linhas Aéreas.

No total, estão previstos R$ 3,9 milhões da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República (SAC) e R$ 1,6 milhão do próprio Estado.

“Além de realizarmos os serviços emergenciais após a intervenção, buscamos outras soluções para a pista e agora foi liberado emergencialmente esse recurso pela Secretaria de Aviação Civil.  Já estamos elaborando o projeto, mês que vem já estarei com a equipe da SAC e provavelmente em maio estaremos aplicando parte desse investimento”, contou o superintendente viário da Secretaria de  Estado de Infraestrutura (Seinfra), Fabrício Alves Correa.

A pista do aeroporto precisa de recapeamento nos seus dois quilômetros, além de ser necessária intervenção também no pátio de manobra e na pista de táxi. Está prevista também que com esse recurso a instalação de um indicador de aproximação em cada cabeceira (PAPI) e ampliação da seção contra incêndio.

Já foram consertados, emergencialmente, 42 buracos para que o aeroporto não fosse fechado imediatamente.

Semanalmente, em média 120 passageiros utilizam o terminal, que em 1º de fevereiro recebeu elevação na categoria na seção contra incêndio pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A nota três que era atribuída ao aeroporto passou a ser cinco, o que garante o pouso e decolagem de aeronaves de maior porte.

Essa mudança beneficia a Azul, que pretende começar a operar jatos Embraer 190 e 195 no local.

CERTIFICAÇÃO

Para permitir que o local possa receber número maior de voos, o governo do Estado tentará agora na Organização Internacional de Aviação Civil (Icao) certificação. A Anac também exige tal medida.

“Atualmente, Bonito tem autorização para cinco voos, inclusive o fretamento. Com essa certificação será possível quantos a companhia quiser”, disse o superintendente da Seinfra. Para obter a certificação é necessário apenas cumprir exigências documentais.

MONTANTE TOTAL

O pacote de investimento para o aeroporto de Bonito compreende R$ 40 milhões. Esse total foi pleiteado no final do ano passado pela Secretaria de Estado de Infraestrutura ao governo federal.

Ainda nesse investimento, está prevista a contrapartida do Estado no aeródromo de Coxim e verba de R$ 5 milhões.

"A liberação do restante do pacote de R$ 40 milhões está prevista para 2018 e com este recurso será possível realizar a ampliação da pista em 200 metros no comprimento e 45 metros na largura", infomrou nota do governo.

O aumento da pista representa capacidade de receber aviões como o Air Bus A-320. Na atual estrutura, podem descer Boeing 737-700, A-319 e A-318.

Com o total da verba solicitada, a listagem de obras ainda compreendem: dobrar capacidade do pátio, conclusão da segunda etapa do terminal de passageiros, ampliação na seção contra incêndio, elevação na seção contra incêndio para nível 7, revisão dos equipamentos eletrônicos, balizamento noturno e sinalizações.

Leia Também