Sexta, 02 de Dezembro de 2016

CONFUSÃO

Na mira de arma, homem entra na frente
do irmão e morre com tiro no peito

Na confusão, 4 pessoas acabaram baleadas; autor do homicídio foi preso

17 OUT 2016Por LAURA HOLSBACK08h:07

Aniversário de um ano de conveniência teve confusão que acabou em morte e gesto de compaixão. Na mira de arma, Rodrigo Fonseca Balbino entrou na frente do irmão e morreu atingido por tiro no peito. O fato ocorreu na noite de ontem, no estabelecimento comercial que fica na Rua Dom Pedro Segundo, na Vila Planalto, em Caarapó.

De acordo com Boletim de Ocorrência, o desentendimento começou depois de o dono da conveniência ser agredido com tapa no rosto por cliente identificado como Dener. Amigos da vítima que estavam no local se revoltaram e atacaram o agressor com socos e chutes. Dener foi embora do local dizendo que voltaria para se vingar.

Cerca de cinco minutos depois chegou na conveniência Leonardo Salazar, 49 anos, pai de Dener. O homem desceu de Corola, armado e questionando ''cadê os valentões?''. Neste momento, irmão de Rodrigo, de 29 anos, jogou cadeira na direção de Leonardo que revidou atirando. Em defesa do irmão, Rodrigo entrou na frente e foi atingido por um tiro, no peito. No entanto, não livrou o familiar de ser baleado.

A confusão se generalizou e envolveu outras pessoas, sendo que uma delas e Leonardo também levaram tiros. Além do disparo, Leonardo foi esfaqueado.

As quatro vítimas foram levadas para hospital, mas Rodrigo morreu. As demais permanecem internadas. Leonardo está sob escolta policial.

 

Leia Também