Sábado, 25 de Novembro de 2017

difícil combate

Incêndio em parque estadual
já destruiu 5 mil hectares

Local fica localizado na Bacia do Rio Paraná

16 OUT 2017Por RAFAEL RIBEIRO E RODOLFO CÉSAR20h:07

Bombeiros, policiais militares ambientais e técnicos do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) e Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente) trabalhavam até início da noite de hje (16) no combate a um incêndio de grandes proporções que atinge desde sexta-feira (13) uma área aproximada de 5 mil hectares do Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema, nas cidades de Jateí, Naviraí e Taquarussu.

A reserva tem uma área total de 73,3 mil hectares e está localizada  na Bacia do Rio Paraná. O parque foi criado em 1998 e foi a primeira Unidade de Conservação do Estado assim constituída.

Sua criação foi motivada pela medida compensatória da Usina Hidrelétrica Eng. Sérgio Motta, em dezembro de 1998.

"A estimativa do Imasul é de que, até o momento, as chamas tenham destruído 5 mil hectares de vegetação. O trabalho de controle do incêndio continua no Parque, a fim de evitar que o fogo avance em outras direções", informou nota do instituto.

A distância e o difícil acesso ao local onde há o fogo dificulta o trabalho das equipes. O vento forte também é outro problema, porque permite que as chamas propaguem-se com rapidez. "A expectativa é de que a chuva prevista para cair entre quarta e quinta-feira contribua para o efetivo controle das chamas", informou o Imasul.

Estão no local a Polícia Militar Ambiental e o Corpo de Bombeiros de quatro municípios. O comando da operação de combate ao incêndio é do Batalhão de Bombeiros de Dourados.

Leia Também