Quarta, 20 de Setembro de 2017

CIDADE DE DEUS

Famílias terão que participar de sistema de mutirão na construção de suas casas

Governador e prefeito já iniciaram as tratativas para dividirem as despesas

17 ABR 2017Por IZABELA JORNADA E DANIELA ARRUDA12h:29

Na agenda do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), que aconteceu na manhã de hoje, ele declarou que o prefeito de Campo Grande Marcos Trad (PSD) vai organizar sistema de mutirão para que os moradores da favela Cidade de Deus participem da construção de suas casas em parceria com engenheiros. Os profissionais e o sistema de mutirão serão financiados pela prefeitura e o restante será responsabilidade do Governo. “A ideia é finalizarmos o financiamento. Analisarmos um bom piso, com condições e com boa habitabilidade”, disse Azambuja.

O prefeito procurou Azambuja na manhã de hoje e os dois deram continuidade nas tratativas da construção das casas das famílias. “Eu acho que avançou bastante. A ​Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab) e a Agência Municipal de Habitação de Campo Grande​ (Emha) estão fechando entendimentos finais para que possamos firmar um convênio”, declarou o governador.

Azambuja já adiantou que não tem valores do repasse que fará à prefeitura para a construção das casas da favela. “Não temos orçamento fechado ainda. Assim que finalizarmos bateremos o martelo para sabermos qual valor repassar”, explicou.

Sobre o prazo do fechamento do acordo entre os Poderes, Azambuja também declarou que não tem previsão. “Tudo vai depender da finalização do orçamento”, ratificou ele.

Leia Também