Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Nova Lei

Empresas de segurança terão que reservar 20% das vagas para mulheres

Projeto do deputado Felipe Orro (PSDB) foi sancionado por Azambuja

14 OUT 2016Por ALINY MARY DIAS09h:06

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) decretou nesta sexta-feira nova lei que obriga empresas de segurança e vigilância que atuam no Estado a reservar 20% das vagas para mulheres. O projeto foi criado pelo deputado Felipe Orro (PSDB) e aprovado pela Assembleia Legislativa em junho.

Conforme o decreto do governador, a partir do dia 1º de janeiro de 2017 as empresas deverão ter no quadro de pessoal no mínimo 20% de mulheres.

Deverão cumprir a regra empresas que prestadores de serviços na área de segurança, viligância e transporte de valores, incluindo as contratadas por órgãos e entidades que integram a administração pública.

 

 

Leia Também