Sábado, 10 de Dezembro de 2016

PROJETO DE LEI

Segunda maior cidade do Estado deve ter orçamento de R$ 880 milhões para 2017

Executivo enviou hoje projeto à Câmara Municipal de Dourados

17 OUT 2016Por DA REDAÇÃO16h:15

A Câmara Municipal de Dourados recebeu, na manhã de hoje, Projeto de Lei que prevê o orçamento do município para 2017. A prefeita eleita Délia Razuk (PR) terá R$ 880 milhões para administrar a segunda maior cidade do Estado. As informações são do Dourados News.

O valor é R$ 30 milhões a mais que o exercício atual. São R$ 592,7 milhões de orçamento fiscal e R$ 287,2 milhões de seguridade social.

O projeto foi distribuído para as comissões da Casa de Leis e deve passar por três votações para ser aprovado antes do final da atual legislatura, em dezembro.

ORÇAMENTO

À Secretaria Municipal de Educação estão previsto R$ 92.594.702,00, mais R$ 112.317.250,00 para o Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação).

À Saúde a previsão orçamentária é de R$ 223.785.017,00, do Fundo Municipal de Saúde, além de R$ 17.860.400,00 da Fundação Municipal de Saúde e Administração Hospitalar de Dourados.

Para a Secretaria Municipal de Administração a previsão é de R$ 22.979.000,00, enquanto que ao Instituto de Previdência Social dos Servidores Municipais, R$ 94.150.000,00. A Secretaria Municipal de Infraestrutura e Desenvolvimento tem previsão de R$ 19.502.340,00.

Já à Secretaria Municipal de Agricultura Familiar e Economia Solidária a previsão de orçamento é de R$ 13.342.500,00; ao Fundo Municipal de Economia Solidária, R$ 2.430.000,00. Para a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico Sustentável, R$ 3.594.100,00 e para o Fundo Municipal de Desenvolvimento do Turismo, R$ 75.000,00.

As secretarias de Serviços Urbanos e de Planejamento terão, respectivamente, R$ 62.247.000,00 e R$ 54.621.000,00; o Instituto do Meio Ambiente, R$ 2.701.200,00 e o Fundo Municipal do Meio Ambiente, R$ 1.911.700,00.

Já a Assistência Social terá orçamento de R$ 12.548.800,00 e o Fundo Municipal de Assistência Social será de R$ 6.723.400,00; enquanto a Agência Municipal de Habitação de Interesse Social, R$ 5.238.800,00; a Secretaria Municipal de Cultura, R$ 2.653.000,00, e o Fundo de Investimento à Produção Artística e Cultural de Dourados, R$ 195.600,00.

Leia Também