Domingo, 04 de Dezembro de 2016

SOB INVESTIGAÇÃO

Estelionatário usa WhatsApp
para dar golpe de R$ 3 mil

Suspeito ainda procurou outras vítimas, mas não conseguiu o dinheiro

29 NOV 2016Por RODOLFO CÉSAR16h:07

Em Dourados, vítima de estelionato procurou a Polícia Civil hoje para relatar golpe que estaria acontecendo a partir de aplicativo de celular muito conhecido. O homem, de 41 anos, confirmou que perdeu R$ 3 mil. O golpista ainda tentou enganar outras pessoas no valor de R$ 6.750.

O estelionato foi registrado hoje à tarde na 1ª Delegacia de Polícia pelo delegado Adilson Stiguivitis Lima para haver investigação.

A polícia informou que pelo menos uma pessoa foi vítima no golpe porque o suspeito teria conseguido acesso ao chip do homem que perdeu R$ 3 mil e de uma mulher que é amiga dele e mora no Espírito Santo.

Pelo aplicativo WhatsApp, o estelionatário passou-se como sendo amiga da vítima. O número de celular que o golpista usava era o mesmo da mulher, que vive no Espírito Santo. Ontem, o homem conversou por mensagem e a mulher relatou que precisava que o amigo depositasse R$ 3 mil a ela.

A transferência foi feita para uma agência em São Luís (MA), em conta que tem o nome de Ricardo da Silva Rabelo. Mais tarde, o homem fez contato com a amiga que vive em outro estado e ela disse que não havia pedido o dinheiro. Foi então que o golpe acabou descoberto.

O mesmo golpista ainda tentou enganar outras pessoas que estavam na lista de contatos da vítima. Foi pedido emprestado as quantias de R$ 5 mil, R$ 1 mil e R$ 750. "Felizmente ninguém chegou a efetuar os depósitos", disse o homem aos policiais civis.

A operadora de telefone a qual administra os números informou à vítima que o chip usado para o golpe foi adquirido no município de Barueri (SP), em loja que fica no bairro Tamboré.

Agora a Polícia Civil tenta conectar os pontos da história para verificar a identificação do estelionatário.

Leia Também