Quinta, 22 de Junho de 2017

CRISE

Diretor do presídio federal de Campo Grande está entre os quatro que pediram demissão

Segundo jornal O Globo, diretores alegam que estaria ocorrendo interferência política

27 AGO 2014Por DA REDAÇÃO14h:00

Marcelo Correia Botelho, diretor do presídio federal de Campo Grande (MS), está entre os nove diretores do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), do Ministério da Justiça, que pediram demissão coletiva, conforme reportagem do jornal O Globo.

Além dele, outros três diretores de presídios federais pediram exoneração dos cargos em caráter irrevogável: Jessé Coelho de Almeida, diretor da Penitenciária em Catanduvas (PR), Luiz Ricardo Brandão Ramos, diretor da Penitenciária de Porto Velho (RO), e Ricardo Marques Sarto, diretor da Penitenciária de Mossoró (RN).​

Ainda de acordo com a publicação, eles alegam que a direção do Depen e o Ministério da Justiça estariam interferindo politicamente em seu trabalho. Segundo O Globo, a diretora do Sistema Penitenciário Federal, Dominique de Castro Oliveira, foi primeira a pedir demissão, mas permanecerá nas funções até a semana que vem. Ela está viajando e, em seu lugar, Diana Calazans Mann, coordenadora-geral de Inclusão, Classificação e Remoção, responde interinamente.

Também pediram para sair os diretores Sérgio Soares Coelho Junior e Gerson Silva de Oliveira. O presídio da Capital já abrigou os traficantes Fernandinho Beira-Mar e o mega traficante colombiano Juan Carlos Abadía.

Leia Também