Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Pediu desculpas

Conselho da OAB aceita retratação de ex-presidente por ofensas durante votação

Conselheiro vitalício chamou a seccional de prostíbulo por não concordar com lista

25 NOV 2016Por GLAUCEA VACCARI17h:22

Conselheiros estaduais da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MS), aceitaram retratação do ex-presidente do órgão, Marcelo Barbosa Martins, por conta de ofensas feitas durante votação que definiu lista para a vaga de desembargador do Quinto Constitucional, ocorrida em abril.

A atual gestão da seccional representou contra o ex-presidente no Conselho Federal da OAB depois do episódio e retratação foi aceita na sessão de hoje.

Na ocasião, Marcelo, que é conselheiro vitalício, protestou em razão do advogado Fábio Trad ter ficado de fora da relação de candidatos a vaga de desembargador.

Houve bate boca e ex-presidente disse ter vergonha da casa por Fábio Trad não figurar na lista e afirmou que o conselho não deveria se deixar amordaçar pela diretoria.

Presidente da OAB/MS, Mansour Karmouche rebateu dizendo que a casa mão merecia a ofensa, mas o ex-presidente continuou o protesto. “Isso aqui é um prostíbulo”, disse.

Na carta de retratação, ele pediu desculpas pelos termos e palavras proferidas no calor dos debates e reconheceu como um “excesso verdadeiramente impróprio e indevido o uso da palavra prostíbulo”.

Por fim, ele afirmou que não teve intuito de agredir pessoalmente nenhum integrante do Conselho Estadual e nem a casa. 

Leia Também