Quarta, 28 de Setembro de 2016

CAMPO GRANDE

Vai a julgamento homem que
matou ex pelas costas há 17 anos

Emília Brito foi assassinada na frente do filho que tinha com o ex

21 SET 2016Por LAURA HOLSBACK10h:26

Está em julgamento na manhã de hoje, Josuel Aparecido da Silva, 58 anos, que matou ex-mulher, Emília Brito, há 17 anos. O homem é acusado pelo crime de homicídio qualificado por motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima com agravante de violência contra a mulher. O crime ocorreu em imóvel localizado na Rua Camburu, no Bairro Coophatrabalho, no dia 1º de fevereiro de 1999.

Consta nos autos do processo que Josuel e Emília estavam separados há 20 dias quando ele tentou reatar o relacionamento. Depois de conversar com o ex e recusar a volta do casamento, a vítima foi assassinada pelo ex-companheiro​ com quatro tiros, pelas costas. Filho do casal assistiu ao crime.

Josuel permaneceu anos foragido o que impossibilitou que fosse julgado antes, conforme o Poder Judiciário. A previsão é que o julgamento dure até o começo da tarde, na 2ª Vara do Tribunal do Júri.

Leia Também