Domingo, 04 de Dezembro de 2016

FALTA DE EDUCAÇÃO

Áreas são limpas de manhã e, à tarde,
já tem lixo novamente

População utiliza locais como despejo de lixo

19 OUT 2016Por GABRIEL MAYMONE16h:22

Campo Grande produziu 35.758 metros cúbicos de lixo, no período de janeiro a 14 de outubro deste ano, de acordo com a prefeitura. O volume equivale a seis campos de futebol. Para recolher esse montante de lixo foi necessário fazer mais de 2,5 mil viagens de caminhão.

Conforme a prefeitura, muitas vezes a equipe de limpeza tem que voltar várias vezes em um mesmo local. Alguns casos chamam a atenção da equipe, como o de uma região, onde foi feita a limpeza pela manhã e no período da tarde o mesmo local estava repleto de lixo.

Esse é o caso da Avenida Wilson Paes de Barros que liga o bairro Serradinho ao Santa Emilia onde tinha mais de um quilômetro de lixo na avenida .Só desse local a prefeitura retirou 100 caminhões lotados de lixo e infelizmente o local continua sendo utilizado como lixão.

Outros bairros críticos que a equipe limpa pela manhã e a tarde já esta sujo de novo são Aero Rancho, Guanandi, Vila Popular, Nova Campo Grande, Nova Lima, Columbia, Moreninha. 

SOFÁ DESCARTADO

O trabalho maior é para recolher restos de construções e outros detritos. O campeão ainda continua sendo o sofá. Normalmente, em uma hora de recolhimento de lixo é possível encontrar de 20 a 25 sofás jogados nos amontoados que a prefeitura faz para recolher os lixos. E trabalho de limpeza visa à prevenção de doenças, como as que são transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. Ação impede o acúmulo de vasilhames e a formação de que possam servir de criador do inseto.

Leia Também