Domingo, 25 de Setembro de 2016

Decreto

Filha e tenente que matou marido receberão R$ 19 mil de pensão

Valdeni foi morto em julho pela esposa durante discussão em casa

19 SET 2016Por ALINY MARY DIAS11h:08

Pouco mais de dois meses depois de matar o marido e major da Polícia Militar, Valdeni Lopes Nogueira, a tenente-coronel Itamara Romeiro Nogueiro passa a receber, a partir de hoje, pensão pela morte do marido. O valor de R$ 19,3 mil corresponde ao salário do major pago em julho e será dividido entre Itamara e a filha do casal, que é menor de idade.

O decreto que concede a pensão foi publicado hoje no Diário Oficial do Estado (DOE) e é assinado pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB). O pagamento da pensão segue legislação de 2005.

Mesmo que seja condenada pelo crime de homicídio doloso, situação refutada pela defesa da tenente, Itamara continuaria recebendo pelo menos metade do salário do marido em razão da filha ser menor de idade. O valor só mudaria de destino caso a guarda da menina fosse repassada para algum parente.

A investigação da Polícia Civil sobre a morte de Valdeni continua. No mês passado reprodução simulada do crime aconteceu, com a presença da tenente, na casa onde a família vivia. Itamara respnde ao processo em liberdade.

O CASO

Itamara matou o marido com tiro, na tarde do dia 12 de julho último, em casa, no Bairro Santo Antônio, em Campo Grande. Os dois teriam discutido após o major ter desistido de uma viagem que fariam em férias, no dia seguinte, para o nordeste. 

Uma das alegações é de que o militar teria ido na direção do carro, fora de casa, para buscar sua arma para matar a mulher, momento em que foi baleado por ela. A defesa  sustenta que a tenente-coronel era vítima de violência doméstica. Mas até onde se tem registro, não há denúncias formais, pelo menos fora de sigilo.

Outra versão é de que ela teria agido de forma premeditada para se vingar de supostas traições cometidas por Valdeni. Também há rumores de que Itamara era ciumenta e responsável direta por diversas brigas entre o casal ao longo do tempo de união.

Leia Também