Quarta, 18 de Outubro de 2017

REINCIDENTE

Servente de pedreiro é espancado e
preso depois de tentar estuprar mulher

Em 2012, suspeito foi preso depois de violentar a própria mãe

17 ABR 2017Por MARESSA MENDONÇA E VÂNYA SANTOS12h:11

Servente de pedreiro de 27 anos foi preso na manhã de hoje depois de tentar estuprar mulher em casa na Vila Nhá Nhá, em Campo Grande. Ele entrou pelo telhado da residência, onde estava trabalhando na reforma, e fugiu do local nu depois de ser perseguido por marido e amigo da vítima. Ele já tinha passagem na polícia por ter violentado a própria mãe.

Conforme apurou a reportagem, o suspeito pulou o telhado e teve acesso à residência pela cozinha que estava sem porta em decorrência da reforma. Ele foi até o quarto onde estava o casal e começou a se masturbar sobre a mulher.

O marido acordou com o barulho, foi empurrado pelo suspeito e chamou a esposa que correu. A mulher foi perseguida pelo criminoso e ele chegou a cair sobre ela.

Marido da vítima e amigo dele, que também estava na casa, passaram a perseguir o servente de pedreiro e o atingiram com garrafada na cabeça.

O criminoso deixou o imóvel, apenas com toalha, e foi contido pela vizinhança até a chegada da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

Ele foi levado para a Santa Casa, onde permanece sob escolta, com ferimentos na cabeça, dedo e no mamilo. Quando deixar o hospital será encaminhado para a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) e responderá por estupro e lesão corporal.

O servente de pedreiro tinha passagens na polícia por furto, roubo, ameaça e outro estupro.

REINCIDENTE

Em setembro de 2012, ele violentou a própria mãe em assentamento rural de Sidrolândia. Ela chegou a implorar que o filho não cometesse o crime, mas o autor ignorou o pedido e a ameaçou de morte. 

À época, a mulher informou que o rapaz era usuário de drogas.

Leia Também