Segunda, 29 de Maio de 2017

CAPITAL

'Por implicância', funcionária de escola
é agredida por colega de trabalho

Vítima vinha se destacando na função, diz diretora da unidade

19 MAI 2017Por MARIANE CHIANEZI17h:50

Uma funcionária de escola, de 21 anos, foi agredida verbalmente e fisicamente por uma colega de trabalho, de 47 anos, no fim da manhã de hoje, no bairro Monte Castelo, em Campo Grande.

Motivo da violência, conforme a diretora da unidade, seria por implicância e inveja com a funcionária mais jovem, que desempenha a mesma função da agressora. Responsável pela violência chamou a filha para "ajudar" nas agressões.

A proprietária da escola, de 46 anos, registrou boletim de ocorrência e disse ao Portal Correio do Estado que antipatia da agressora, que tem três anos de empresa, começou depois da chegada da empregada mais jovem, há três meses.

“Hoje pela manhã aconteceu uma discussão entre as duas e eu disse para a pessoa que bateu, 'olha, fica calma, segunda-feira a gente conversa', e aí eu sai para resolver uns assuntos pessoais e enquanto isso ela bateu na menina. A que foi agredida estava se destacando mais na função e talvez por causa de inveja isso aconteceu ”, afirmou a diretora, que preferiu não se identificar.

Filha da agressora, uma jovem de 23 anos, foi chamada pela mãe para também agredir a funcionária recém contratada. Dentro da escola, a jovem foi procurada e lesionada com tapas e socos.

Testemunhas informaram que a vítima não reagiu à violência e agora a diretora aguarda laudo pericial da vítima para anexar ao boletim de ocorrência e poder demitir por justa causa a agressora. Caso foi registrado na 2ª Delegacia de Polícia Civil.

Leia Também