Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Na Deam

Policial militar suspeito de matar mulher se apresentará amanhã à polícia

Advogado não quis adiantar versão ou linha de defesa antes do depoimento

18 OUT 2016Por GLAUCEA VACCARI17h:11

Policial Militar da reserva, Valdecir Ferreira, suspeito de matar Kátia Campos Valejo, 35 anos, se apresentará amanhã na Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), onde prestará esclarecimentos sobre o crime.

Informação foi repassada ao Portal Correio do Estado pelo advogado de Ferreira, José Rodrigues da Rosa. Ele informou que não adiantará a versão do suspeito nem a linha de defesa antes do depoimento do cliente à polícia.

Kátia foi encontrada morta com perfurações de tiros na cabeça e tórax, na noite de domingo, na rua Tintoreto, Vila Nossa Senhora das Graças, em Campo Grande.

Crime ocorreu na casa do policial militar, tido como suspeito da autoria. Conforme informações extraoficiais, ele tinha relacionamento amoroso com a vítima.

Conforme assessoria de imprensa da Polícia Civil, Kátia foi presa em 2012 por envolvimento em tráfico de drogas. Além disso, ela seria dependente química.

Leia Também