Domingo, 04 de Dezembro de 2016

PERIGO

Piscina em casa fechada vira foco de mosquito e preocupa moradores

Eles disseram já terem entrado em contato com imobiliária

26 NOV 2016Por MARESSA MENDONÇA15h:07

Moradores do bairro Monte Líbano, situado na região central de Campo Grande, estão preocupados com piscina em casa fechada. Isto porque o local está sujo e já se transformou em criadouro do mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya.

Conforme relatos de leitores do Portal Correio do Estado, a casa fica na Rua Otaviano de Souza e está à venda há pouco mais de 30 dias, período em que a manutenção da piscina deixou de ser realizada. 

Preocupados, moradores, que pediram para não ter a identidade divulgada, entraram em contato com a imobiliária. “Falam que vão tomar providência, mas não fazem nada”, disseram. 

A reportagem também tentou contato com a imobiliária, mas não há expediente no sábado à tarde e as ligações não foram atendidas. 

PROBLEMA RECORRENTE

Criadouros do mosquito em casas fechadas são problema conhecido do Ministério da Saúde. Prova disto é que, durante campanha feita por agentes de saúde e pelas Forças Armadas em 68 municípios de Mato Grosso do Sul, no início do ano, 20,9% dos 934.400 imóveis visitados, estavam fechados ou recusaram visitas. 

Desde fevereiro, o Governo Federal autoriza a entrada forçada de agentes públicos de combate ao Aedes em imóveis públicos ou particulares que estejam abandonados desde que não tenha nenhuma pessoa que possa permitir o acesso ao local.

WHATSAPP - Essa matéria foi sugerida por leitor através do nosso WhatsApp, envie sua sugestão pelo número 9 9971-4437.

 

Leia Também